domingo, 27 de setembro de 2015

Novas informações de Rise of the Tomb Raider

Esta semana, uma nova leva de previews de Rise of the Tomb Raider começou a pipocar pela internet. Diversos representantes da mídia especializada atenderam a uma sessão de três horas com o jogo e compartilharam suas impressões. A seguir, um resumo das informações relevantes e, ao final da postagem, links para os artigos originais.

Sobre a história, aparentemente a Trinity fez o possível para desacreditar a história de Lara Croft sobre Yamatai, tanto que um jornal estampa a manchete "Another Crazy Croft" – talvez usando o gancho deixado pelo último arco das HQs. Uma velha namorada de Richard visita Lara e pede para que ela desista e retorne para a Mansão Croft, antes que sua carreira tome o mesmo rumo que a de seu pai. Mesmo assim, Lara decide partir em busca de respostas.

Existem diversos aspectos para prolongar a vida útil do jogo, tais como tumbas opcionais, desafios e missões secundárias de aliados. Como incentivo adicional, eles podem possuir recompensas únicas: a primeira tumba cede a habilidade de atirar duas flechas em rápida sucessão, enquanto um dos NPCs oferece uma gazua para destrancar portas, por exemplo.
Embora ainda não tenhamos visto todas as roupas, já sabemos que RTR tem uma seleção maior do que TR2013. Tivemos a confirmação que a roupa do trailer de anúncio será jogável, duas roupas com um estilo mais "medieval" e, pasmem, uma roupa com calças camufladas e um top preto... será?

Além de todos os recursos usados para o novo sistema de crafting, também encontraremos moedas de ouro em RTR. Elas servem como um sistema monetário, permitindo que você adquira equipamentos (armas, acessórios, roupas) na Supply Shack, uma espécie de "mercado negro" dentro do hub.

Um sistema monetário paralelo também existe: ações e desafios no jogo recompensam o jogador com créditos, que podem ser utilizados para adquirir cartas. Nosso primeiro contato com as cartas se deu através dos bônus de pré-venda, mas elas ainda não foram explicadas. Sabemos que são utilizadas em modos extras de jogo, o que nos leva a crer que são modificadores para o Score Attack.

O que é o Score Attack, você pergunta? Também não sabemos, mas a lista de conquistas foi recentemente divulgada e algumas estão associadas a esse modo. O capitão óbvio diz que são salas de desafio com um sistema de pontuação, o que explicaria a existência de leaderboards e a competição com os amigos anteriormente mencionada pelos desenvolvedores.
Para aqueles que esperam por um desafio maior do que TR2013 (ou todas as conquistas), novas dificuldades foram introduzidas. "Seasoned Raider" desativa a regeneração de vida durante combates, e a nova "Survivor" a desativa completamente, sendo necessário se curar manualmente, além de tornar recursos mais escassos e aumentar ainda mais os atributos dos inimigos.

O instinto de sobrevivência também pode ser desativado, através de duas opções independentes. Uma desativa os marcadores que indicam o caminho a ser seguido, enquanto a outra remove o destaque de objetos com os quais você pode interagir.

Por fim, já sabemos quem dublará Lara Croft na versão localizada do jogo: Fernanda Bullara. A atriz concedeu uma entrevista ao portal Croft World, não deixe de conferir.

[ Fontes: GI [+] | IGN | GS | GT | Wired [+] | Euro | VG247 | Engadget | SE Forums | Nelson | DS ]

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Livestream de Tomb Raider por Brian Horton

[Atualizado em 27/09/2015:] O livestream foi bem sucedido: Brian Horton manteve uma média de 100 espectadores e diversas figuras da comunidade prestigiaram o evento. Além de fãs e webmasters, pudemos contar com a companhia de Earl Baylon, ator que interpreta Jonah, e de nossa gerente de comunidades, Meagan Marie.

Ao todo, o stream durou nove(!) horas consecutivas. Brian jogou do começo ao fim e completou 100% nas áreas iniciais mas, em determinado momento, decidiu que seria melhor focar na história para conseguir terminar dentro do dia. O portal Laraider, que também assistiu do começo ao fim, gravou um segmento da Shantytown que você pode conferir a seguir:


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Novo trailer de Rise of the Tomb Raider


Devo admitir que está cada vez mais difícil não se empolgar com Rise of the Tomb Raider, e o trailer Descent into Legend, divulgado hoje, aumenta ainda mais essa sensação. O jogo está praticamente aí, faltando menos de dois meses para seu lançamento nas plataformas Xbox.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Conquistas de Lara Croft Go

Apesar de Go possuir uma lista de conquistas extremamente simples, eu senti a necessidade de escrever sobre ela por caráter completivo (esses meus TOCs...). Gostaria de salientar que esse "guia" pode estragar a simples satisfação de solucionar o jogo por si, então, por favor, esteja avisado e consulte-o apenas em caso de desistência.

Um forte abraço para o amigo Relight por viabilizar essa postagem.

Campanha e colecionáveis

Key of Snakes Key of Stones Key of Spirits Atlas of Beyond Ophidiophobia Archaeologist Historian Curator Preservation Society

01. Key of Snakes: Colete a Chave das Serpentes.
02. Key of Stones: Colete a Chave das Pedras.
03. Key of Spirits: Colete a Chave dos Espíritos.
04. Atlas of Beyond: Colete o Atlas do Além.
05. Ophidiophobia: Derrote a Rainha do Veneno. (tcc "Lopez")
06. Archaeologist: Colete um fragmento de relíquia.
07. Historian: Colete todos fragmentos de uma relíquia.
08. Curator: Colete todos fragmentos de todas relíquias.
09. Preservation Society: Quebre todos os vasos.

Você pode conferir na tela de seleção de capítulos quantos vasos encontrou em cada fase, mas, caso esteja com dificuldades em localizar qualquer um deles, pode se guiar pelos vídeos dos amigos Roli ou Stella. Também vale notar que os colecionáveis destravam roupas extras.

Miscelânea

Gathering moss Getting crafty Master builder Into the abyss Put this apple on your head

10. Gathering moss: Seja esmagado por uma pedra rolante.
11. Getting crafty: Empilhe dois pilares.
12. Master builder: Empilhe três pilares.
13. Into the abyss: Derrube uma criatura para matá-la.
14. Put this apple on your head: Arremesse uma lança seis ou mais espaços.

As conquistas Getting crafty e Into the abyss virão naturalmente no decorrer da campanha, e existem grandes chances de que você conquiste Gathering moss acidentalmente.

Master builder, o desafio mais instigante do jogo, pode ser feito apenas em uma área do nível 4-2 A Porta dos Espíritos. Por fim, Put this apple on your head pode ser feita no nível 5-1 Uma Porta Fechando. Confira:


Master builder Put this apple on your head

The Shard of Life

Immortal no more Déjà-vu

15. Immortal no more: Encontre a Shard of Life.
16. Déjà-vu: Derrote a mesma criatura quatro vezes seguidas.

Immortal no more

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Divinations


Anteriormente vista em Ascension e The Lost Valley, a excelente Anna Tyrie volta a assumir o papel de Lara Croft em Divinations, novo fanfilm lançado hoje pela manhã. Este é o primeiro projeto do tipo a contar com financiamento coletivo, através de uma campanha Kickstarter. Apesar dos incentivos interessantes, eu infelizmente não pude colaborar, mas acompanhei de perto e vibrei quando o projeto atingiu a meta em suas últimas 24 horas.

O filme toma clara inspiração pelos jogos da trilogia Legend, mas inclui uma cena inspirada pelo reboot e também uma inesperada homenagem a Dagger of Xian. Impossível dizer com certeza, mas é possível que Jamie, o informante, estivesse trabalhando para alguém como Natla – a estrutura das cenas é bastante similar ao que vimos em Anniversary. Apenas especulação de minha parte, claro.

Caso tenha interesse, pode conferir os diários de produção do curta: pt.1, pt.2, pt.3, pt.4.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Pensamentos pós Go

O conceito por trás da série de spin-offs Go é desmembrar os elementos que compõem os jogos e remontá-los, visando construir uma experiência nova mas familiar. Após Hitman, é a vez de Tomb Raider receber esse tratamento, através da subfranquia Lara Croft, e o resultado não poderia ser melhor.

Ao iniciar o jogo, você já é tomado por uma dose de nostalgia ao encontrar o menu em anel, da mesma forma que os primeiros jogos da franquia. Essa é uma sensação constante no jogo: até mesmo as roupas extras são em sua grande maioria desses três jogos. Todos os níveis são construídos com formas geométricas reilíneas, numa espécie de jogo de tabuleiro virtual, também remetendo aos jogos clássicos da franquia.
Não se deixe enganar, porém: o jogo é lindo. A construção em blocos é complementada por um estilo de arte minimalista, com cores variadas e vibrantes, cujo resultado é singular. O baixo nível de detalhes (como na própria Lara, contrariando a principal tendência da franquia) deixa de ser um problema e passa a se tornar uma característica marcante e única.

Em minha opinião pessoal, o maior e mais importante aspecto de Tomb Raider é a combinação de exploração e transposição de ambientes. E este é um aspecto muito bem representado em Go, talvez até mesmo exponenciado, uma vez que essa atividade agora está entrelaçada ao sistema de turnos.

O sistema de turnos é o catalisador dos quebra-cabeças aqui. De início, suas ações que determinam o seu progresso, mas em diversos momentos será necessário fazer com que inimigos ou até mesmo pedras rolantes acionem paineis de pressão para permitir sua passagem. Pode parecer estranho à primeira vista, mas é uma mecânica que funciona perfeitamente.
Existe uma grande dica nesta imagem.
Dito isso, acho válido ressaltar a maestria com a qual o jogo introduz novas mecânicas e as aprimora no decorrer dos níveis seguintes. Existe uma grande engenhosidade por trás de alguns dos níveis, e você certamente estampará um sorriso em seu rosto quando descobrir como solucioná-los. Eu diria que a meta dos desenvolvedores, de desafiar mas não frustrar os jogadores, foi atingida com louvor.

A trilha sonora também é excepcional. Além da inclusão de uma memorável trilha ambiente de Atlantean Scion em alguns dos níveis (não se preocupe, você vai reconhecê-la imediatamente), o jogo traz composições inéditas que complementam o ritmo de jogo perfeitamente. Melodias calmas e relaxantes, e ainda assim encantadoras. Deixarei uma de minhas favoritas como exemplo:


Nada foi oficialmente anunciado até o momento, mas a Square Enix Montréal mencionou ter "planos" para essa trilha. Imagino que ela possa vir a ser lançada de forma similar à trilha de Temple of Osiris, mas eu certamente não me oporia à um lançamento comercial, em disco. Pode ser o colecionador em mim falando mais alto, mas é fato: precisamos de itens de Go!

Antes de encerrar, devo ressaltar que o jogo em si é bastante curto, levando cerca de três horas para ser finalizado pela primeira vez, sem qualquer tipo de ajuda. Isso também reflete na sua vida útil: uma vez que você sabe como resolver cada área, passa rapidamente por elas, não existindo motivos para voltar a repeti-las.

Existem diversos colecionáveis dispersos pelos ambientes, mas ainda assim a duração do jogo permanece trivial. Considerando a situação atual da nossa moeda, o preço a qual o jogo está listado na Google Play Store (BRL 22, neste momento) talvez não seja exatamente convidativo. Fora isso, não tenho certeza da real necessidade de conteúdo adicional pago para o jogo, mas vou conceder o benefício da dúvida uma vez que são completamente opcionais...

Figurinos de Lara Croft Go


[Atualizado em 05/12/2016:] Traje do capítulo The Mirror of Spirits; imagens substituídas.

Telas de loading de Go

Go possui telas de loading únicas: cada capítulo, representado no jogo por um livro, traz uma espécie de mapa rabiscado por Lara. Para consistência com as demais postagens deste marcador, eu editei as telas, removendo especificações de cada nível.


[Atualizado em 04/12/2016:] Tela de loading do capítulo The Mirror of Spirits.

domingo, 6 de setembro de 2015

sábado, 5 de setembro de 2015

Novidades sobre Rise of the Tomb Raider

Para não atrasar a postagem dessas informações, divulgadas no decorrer dos últimos dias, segue uma série de rapidinhas:
  • As primeiras imagens da versão para Xbox 360 de Rise of the Tomb Raider surgiram através de uma publicação italiana. Embora a divulgação oficial das mesmas ainda não tenha acontecido, você pode conferi-las no site da Mondo Xbox
  • Pela primeira vez na história da franquia (ok, segunda), RTR terá localização integral em português brasileiro – ou seja, legendas e vozes. A disponibilidade do idioma dependerá do território onde o disco for adquirido. Vamos torcer para o melhor e nos preparar para o pior...
  • A revista inglesa X-ONE trouxe em sua última edição uma matéria exclusiva, na qual afirma que RTR será estritamente focado na campanha para um jogador. Até uma confirmação oficial, considere essa nota como rumor, mas seguindo exemplo de Batman Arkham Knight e Assassin's Creed Syndicate, RTR pode não ter um modo multiplayer.
  • O terceiro pôster da série limitada foi revelado, e curiosamente será distribuído como bônus de pré-venda da Gamestop. Após "Woman vs. Wild" e "Tombs", surge "Guerrilla Combat", assinado por Frank Kozik: